Portuguese Portuguese

Notícias

A UNIROVUMA APOSTA NA FORMAÇÃO DE DOCENTES COM QUALIDADE

A formação de docentes com qualidade e que se adaptem ao método de ensino híbrido, nomeadamente o presencial e o virtual, constitui o actual desafio da Universidade Rovuma (UniRovuma), rumo a um processo de aprendizagem com qualidade.
Esta asserção foi feita pelo Magnífico reitor desta instituição de ensino superior, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, num encontro com docentes do Instituto de Turismo, Transporte e Comunicações de Nacala-Porto, uma das unidades orgânicas da UniRovuma.
 
A UniRovuma conta, igualmente, com outras unidades orgânicas, nomeadamente as Extensões de Cabo Delgado e Niassa, para além do Campus Universitário de Napipine.
 
O Prof. Brito dos Santos reconheceu que o método de ensino híbrido foi desafiante, pois os docentes não estavam preparados para leccionar as aulas de forma virtual, uma inovação imposta, forçosamente, pela pandemia de Covid – 19, que desde 2020 assola o mundo.
 
“Este desafio leva-nos a priorizar a formação dos nossos docentes com a qualidade desejada para, também, ministrarem as suas aulas com qualidade”, esclareceu Brito dos Santos.
 
Ele considerou a Covid – 19, a insurgência armada no norte da província de Cabo Delgado e a conjuntura económica internacional como os principais entraves ao funcionamento da UniRovuma, pois impediram implementar acções que poderiam levar a instituição a outros patamares e a sua rápida consolidação.
 
Dos Santos acrescentou, ainda, que mesmo com tais crises o esforço colectivo continuou e os resultados são visíveis, uma vez que todos os sectores, incluindo a leccionação das aulas, estão operacionais.
 
No primeiro ano da sua constituição em finais de 2019, a Universidade dedicou-se, simultaneamente, na actividade lectiva e na produção de documentos normativos para o seu funcionamento, o que, na opinião do reitor, conseguiu-se de forma satisfatória.
 
Referindo-se às visitas que está a efectuar às unidades orgânicas da instituição que dirige, Brito dos Santos explicou que elas visam conhecer e acompanhar a actual realidade, dado que o processo de transição da antiga Universidade Pedagógica de Moçambique para UniRovuma não tem sido fácil por razões acima mencionadas.
 
“Visitamos as nossas unidades orgânicas para sabermos em que áreas somos fortes e fracos para podermos continuar e nos corrigirmos”, acrescentou, exortando a mais trabalho, companheirismo e comunicação constante, tanto vertical quanto horizontal.

MAGNÍFICO REITOR DA UNIROVUMA REPUDIA COMPORTAMENTOS IMORAIS

O Magnífico reitor da Universidade Rovuma (UniRovuma) apelou para que os estudantes desta instituição de ensino superior se distanciem de comportamentos imorais e deselegantes, e se tornem em verdadeiros embaixadores de boas práticas junto das comunidades onde vivem.
 
O Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos falava ontem, na cidade portuária de Nacala, durante um encontro com os estudantes desta instituição, realizado no quadro das suas visitas às unidades orgânicas da UniRovuma.
 
O apelo do Prof. Brito dos Santos surge em repúdio às imagens postas a circular nas redes sociais, em que mulheres aparentemente de origem africana aparecem encarceradas em canis e a serem tratadas de forma desumana.
 
“É um acto extremamente condenável e sem paralelismos”, disse Brito dos Santos, chamando atenção, muito mais para as estudantes, que “evitem enveredar por comportamentos imorais, maldosos, irresponsáveis desprovidos de humanismo”.
 
“Aquilo atingiu o cúmulo da irresponsabilidade, do desrespeito aos valores universais humanos, por isso, nossas estudantes, distanciem-se dessas atitudes, da corrupção e se tornem verdadeiras embaixadoras nas vossas comunidades, nas vossas famílias e nos vossos círculos de amizade”, adiantou.
 
Para o Prof. Brito dos Santos, os estudantes no seu todo devem ser duma geração diferente daquela que pratica actos imorais como os acima aludidos, pois “na universidade devemos transmitir ciência, mas também valores universais de responsabilidade, éticos, de compaixão.”
 
O reitor da UniRovuma traçou, por outro lado, o actual estágio da instituição desde a sua criação a esta parte, reiterando, uma vez mais, que os primeiros anos da sua existência foram marcados por adversidades conjunturais, tanto nacionais quanto internacionais.
 
“Apesar disso, estamos a fazer o nosso melhor, por isso despertem para juntos acompanharmos o crescimento da nossa universidade e no processo da sua transformação em instituição de qualidade e excelência”, adiantou.
 
Ele explicou as acções projectadas para os próximos anos, tanto ao nível de infraestruturas como na formação dos seus recursos humanos para a o alcance dos objectivos almejados.

REITOR DA UNIROVUMA DEFENDE INTRODUÇÃO DE CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO

O Magnífico reitor da Universidade Rovuma (UniRovuma) defendeu a especialização das extensões desta instituição de ensino superior, focalizando-se em cursos profissionalizantes de modo a evitar a dispersão dos parcos recursos que recebe do Orçamento Geral do Estado.
 
O Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos falava na Terça-feira, na cidade de Montepuez, num encontro com a direcção da Extensão de Cabo Delgado, onde se encontra desde Segunda-feira em visita de trabalho.
 
Para Brito dos Santos, esse processo deve ser gradual, e feito em coordenação com a direcção de planificação institucional e na base do Plano Estratégico, cuja auscultação de diferentes intervenientes, incluindo estudantes, está numa fase avançada.
 
“A nossa Universidade está a ser demasiadamente generalista”, precisou o reitor, defendendo, por outro lado, que, “contudo, podemos manter outros cursos que constituem a nossa génese, como os virados à formação de professores”.
 
Na sua intervenção, o reitor da UniRovuma traçou o estado da instituição desde a sua criação em 2019 até ao momento, explicando que neste período a Universidade esteve praticamente parada devido à pandemia de Covid - 19, que eclodiu no mundo um ano depois, e o terrorismo com na região norte da província de Cabo Delgado.
 
“Apesar destas duas situações adversas e de outra índole não desfalecemos e continuamos a trabalhar e, presentemente, já temos instalada toda máquina estrutural e documentos normativos que nos orientam nesta missão de robustecer a nossa Universidade”, vincou o Prof. Brito dos Santos.
 
Ele acrescentou que “num contexto de múltiplas adversidades não podíamos trabalhar como estamos a fazê-lo agora, pois há sinais de abrandamento da Covid – 19, o que nos permite não apenas realizar plenamente as nossas actividades, mas também nos reunirmos para discutirmos e encontrarmos soluções para os nossos problemas.”
 
Como facto ilustrativo da mudança desse cenário, o Magnífico reitor da UniRovuma faz-se acompanhar por diversos directores, quer de faculdades, como de serviços administrativos, para, em encontros alargados e/ou sectoriais inteirarem-se de possíveis constrangimentos dos seus sectores.
 
Ainda na Terça-feira, o Prof. Brito dos Santos reuniu-se com os estudantes de diferentes cursos ministrados na UniRovuma – Extensão de Cabo Delgado, tendo auscultado deles os problemas que os afligem e lhes informado dos esforços que a direccão da Universidade está a envidar para solucioná-los.

MAGNÍFICO REITOR DA UNIROVUMA PEDE PACIÊNCIA AOS ESTUDANTES

O Magnífico reitor da Universidade Rovuma (UniRovuma), Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, apelou aos estudantes da Extensão de Cabo Delgado para não desanimarem por causa de dificuldades de vária ordem que aquela unidade orgânica enfrenta.
 
Para o Prof. Brito dos Santos, tais dificuldades não se resumem, apenas, a UniRovuma – Extensão de Cabo Delgado, como também a toda Universidade, como resultado da difícil conjuntura económica e social em que o País se encontra mergulhado.
 
Falando na última Terça-feira aos estudantes da Extensão de Cabo Delgado, Brito dos Santos explicou que os problemas económicos, sociais e políticos, associados à Covid – 19, constituíram-se em verdadeiros entraves para o normal funcionamento não apenas da UniRovuma, mas também de outras instituições nacionais.
 
“Moçambique já vinha enfrentando problemas de ordem conjuntural e a Covid – 19 veio desafiar-nos criando-nos uma situação que nos colocou numa situação constrangedora”, precisou dos Santos, acrescentando que “apesar das contrariedades aqui apontadas, continuamos a trabalhar para criar melhores condições para os nossos estudantes”.
 
“Não desanimem por causa das carências que enfrentamos neste momento; devem ter fé e crença porque, paulatinamente, vamos minimizando essas dificuldades”, continuou o Prof. Brito dos Santos.
 
A sensibilização do reitor aos discentes foi em resposta às reclamações por eles apresentadas. Como exemplos da solução gradual de algumas dificuldades que enfermam a Universidade no seu todo, o Prof. Brito apontou a aquisição de um novo sistema informático para gestão universitária, os processos em curso para compra de diverso equipamento, incluindo os meios de ensino, entre outras.
 
Ele convidou os estudantes a se envolverem de forma interactiva na resolução de alguns problemas estudantis, filiando-se na Associação dos Estudantes da UniRovuma, a qual vai reunir, na Sexta-feira, em Montepuez.

Edital de Abertura de Concurso de Bolsas de Estudo para Candidatura e Renovação para o Ano Lectivo de 2022

N.B.: Caso não tenha um plug-in instalado para ler PDFs aceda por aqui ou baixe pelo link abaixo.

Baixe aqui o documento

CONTACTE-NOS

Endereço:

Reitoria
Avenida Josina Machel nº 256
Caixa Postal 544
E-mail: secretariageral@unirovuma.ac.mz
Nampula-Moçambique
Campus Universitário de Napipine
Bairro de Napipine – Cidade de Nampula

Extensão do Niassa
Campus Universitário – Bairro de Nangala
Telefax: 27121520
Caixa Postal no. 04
Cidade de Lichinga
E-mail: urniassa@unirovuma.ac.mz

Extensão de Cabo Delgado
Campus Universitário de Ncoripo
Cidade de Montepuez
Caixa Postal no. 04
E-mail: unirovuma-cd@unirovuma.ac.mz
Tel. 20030181- Montepuez