Masu a Asomi - Boletim Informativo com existência legal desde Junho

Masu a Asomi - Boletim Informativo com existência legal desde Junho

Masu a Asomi – Boletim Informativo da Universidade Rovuma (UniRovuma) já tem existência legal desde Junho último, depois do seu registo e licenciamento da sua marca, feitos, respectivamente, no Gabinete de Informação (GABINFO) e no Instituto de Propriedade Industrial (IPI).

 

Este é o resultado do compromisso assumido pelo Gabinete de Comunicação e Cooperação, produtor da publicação, em criar e estabelecer todas plataformas possíveis para divulgação das actividades académicas, científicas, sociais e outras, desenvolvidas por esta jovem Universidade.

O registo do boletim resulta em observância à Lei de Imprensa, a qual obriga a todas publicações, quer jornais, quer revistas e outras, a legalizarem a sua existência, sob pena de incorrerem em sanções estabelecidas por esse pacote jurídico. E nós cumprimos com essa obrigatoriedade!

O lançamento da primeira edição do boletim não foi fácil. A equipa do GCC pretendia que a impressão do primeiro número coincidisse com a realização da primeira das cinco aulas de sapiência programadas para a abertura oficial do Ano Académico 2020.

A aula tinha sido marcada para 16 de Março, uma Segunda-feira, e seria ministrada pelo Doutor Omar Mithá, um destacado economista moçambicano e, actualmente, assessor do Presidente da República, Filipe Nyusi.

Selecionamos os textos publicados no sítio institucional e produzimos outros, incluindo o que constituiu o artigo de capa da primeira edição, o qual anunciava a realização das aulas em todas unidades orgânicas da UniRovuma e os respectivos oradores.

Era pretensão do GCC imprimir o boletim e deixá-lo, às primeiras horas da manhã, na mesa do Presidium e nas cadeiras dos diretores de faculdades, seus adjuntos e outros dirigentes universitários.

Na semana que antecedeu a prevista aula inaugural, a “batalha” assentava na produção do layout do boletim, luta que se estendeu até Sábado, 14, mas a intervenção do Magnífico Reitor foi preponderante, na medida em que, no mesmo dia, conseguiu-se idealizar-se e fazer-se o design.

O anúncio feito pelo PR na noite do mesmo dia, 14, sobre a suspensão de todas actividades que concentrassem o maior número de pessoas em razão da pandemia de Covid-19, deitou a baixo todo um esforço feito por esta equipa. Mas, tal não foi o fim; mesmo assim, o primeiro número saiu a público, embora não no dia previsto.

 

Comprometemo-nos a prosseguir, inovando o boletim e melhorando-o, publicando informação diversificada sobre actividades desenvolvidas pela instituição e artigos científicos, de análise e de opiniões produzidos pelos nossos colaboradores. Estamos a pensar, até, que a periodicidade seja quinzenal, logo que as condições o permitirem.

Neste sentido, agradecemos, devotamente, os docentes que nos têm enviado seus artigos e estendemos o nosso convite aos outros, tanto internos quanto externos, estudantes e funcionários técnicos desta instituição.

 Regozijam-nos as menções gratificantes que nos chegam de quadros dirigentes deste País, ministros, deputados, governadores, diretores, ainda, do exterior, principalmente do Brasil e Portugal, e esse facto dá-nos mais forças para continuarmos até onde for possível, sempre com a missão de consolidar e expandir a nossa jovem Universidade.

O Editor


Imprimir   Email