Notícias

Reitor da UniRovuma pede mais pragmatismo aos novos quadros dirigentes

O Magnífico reitor da Universidade Rovuma (UniRovuma), Prof. Doutor Mário Brito dos Santos, pediu aos novos quadros dirigentes um maior pragmatismo nas suas acções, privilegiando o companheirismo, o profissionalismo e a comunicação em prol dos objectivos perseguidos por esta instituição de ensino superior.
 
Dos Santos falava na tarde desta Segunda-feira, em Nampula, depois de empossar novos directores, directores-adjuntos, chefes de departamentos e de repartições, num total de 19 quadros.
 
Para o Magnífico reitor, “ser chefe não depende de idade, de longa experiência, de um sorriso simpático, mas da predisposição de trabalhar em colectivo, depende de saber tratar os bens públicos, saber ouvir e comunicar-se em tempo útil.”
 
Ele exigiu aos empossados muita responsabilidade e comunicação, este último desiderato considerado pelo reitor como um autêntico calcanhar de Aquiles na instituição, acrescentando que “não encontramos, ainda, um antídoto, uma vacina para estancar este mal”.
 
Segundo o Prof. Brito dos Santos, com o juramento dos novos dirigentes dá-se início o percurso para resolver-se o problema comunicacional dentro da instituição, visto que a sã comunicação acalma as mentes, resolve eventuais os problemas ajuda os funcionários a melhor se compreenderem.
 
“Muitas vezes, nós nos abstemos em comunicar aos nossos colegas algo institucional em tempo útil, esperando que haja problemas onde não deviam existir”, sublinhou dos Santos.
 
Dentre os empossados figuram os Mestres Juma Muteliha, nomeado para o cargo do Assessor para a área Administrativa e Finanças, Alcido Juaniha, para Director Financeiro, Lucília Consolo, para o Centro de Conferências da UniRovuma.
 
Tomaram igualmente posse os Prof. Jaime Murambire, para o cargo do Director Cientifico, Arlindo Juliasse, Director-adjunto da Faculdade de Educação e Psicologia, chefes de Departamento e Repartições para as área académicas e administrativas.

UniRovuma introduz cursos de Mestrado

As Universidades Rovuma (UniRovuma) e Técnica de Moçambique (UDM) abriram, oficialmente, dois cursos de Mestrado em Docência de Engenharia e em Engenharia e Gestão de Energias Renováveis, através de uma parceria entre estas duas instituições de ensino superior.
 
Os cursos foram abertos pelos Magníficos reitores da UniRovuma e UDM, respectivamente, o Prof. Doutor Mário Brito dos Santos e o Prof. Catedrático Severino Ngoenha, nas instalações da Reitoria da primeira instituição, presenciadas, igualmente, por quadros seniores destas duas Universidades.
 
Falando na ocasião, o reitor da UniRovuma considerou que o curso de Mestrado em Energias Renováveis, a ser implementado em Nampula, constitui uma mais-valia para a sua instituição e para o público que vai beneficiar do mesmo aderir.
 
Os cursos vão ajudar, também, aos docentes actualmente em função, visto que uma parte deles foi recentemente formada com o grau de Licenciatura, sendo necessário que eles aumentem os seus conhecimentos e a devida qualidade, indo ao encontro do perfil da UniRovuma.
 
O curso será leccionado em modalidade híbrida, isto é, em plataforma virtual e presencial. Neste momento, um dos cursos, o de Engenharia e Gestão de Energias Renováveis, está completamente preenchido, faltando o de Docência em Engenharia.
 

UNIVERSIDADE ROVUMA LANÇA PROJECTO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES-FORMADORES

A Universidade Rovuma (UniRovuma) vai lançar, na próxima Segunda-feira, um projecto visando a formação de professores-formadores, com vista a melhoria da qualidade de ensino primário em Moçambique.
 
Denominado Qualidade da Educação pela Qualidade na Formação de Professores-Formadores (QuEProf), o projecto será implementado com a colaboração da Universidade de Leipzig e com o apoio da Agência Alemã para Intercâmbio Universitário (DAAD).
 
Este cobrirá o período de 2021 à 2024, destinando-se, especificamente, a introdução de um curso de Mestrado para a formação desses professores-formadores, considerado um pré-requisito para o objectivo que se pretende alcançar, que é a qualidade de ensino.
 
Para se atingir a qualidade no nível primário, impõe-se necessária uma formação superior de professores, com o fim de solucionar problemas específicos que apoquentam as escolas do País, especialmente a escrita e os cálculos matemáticos.
 
É pensando nestes aspectos que estas duas instituições de ensino superior desenharam projecto, o qual aspira a uma profissionalização na formação, a elaboração de perfis e ampliação da cooperação inter – universitária.
 
A Universidade de Leipzig é uma instituição com perfis diversificados e oferece cursos em diferentes áreas como ciências humanas, sociais, naturais e medicina, tendo, ainda, grande peso na formação de professores.
 
Dispõe de uma rede ampla de contactos e acordos com outras universidades estrangeiras, investigação científica e, por conta disso, promove várias actividades internacionais.
O lançamento do QuEProf, a decorrer de forma virtual, será feita pelos Magníficos reitores das Universidades Rovuma e de Leipzig, respectivamente, os Prof. Doutores Mário Jorge Brito dos Santos e Beate Schücking.
 
O projecto está a ser coordenado pelo Prof. Doutor Laurindo Caetano, Director da Faculdade de Educação e Psicologia da UniRovuma, e pela Prof. Doutora Maria Hallitzky, Professora de Didática Geral e Pedagogia Escolar do Ensino Médio na Faculdade de Educação da Uni-Leipzig.

UNIROVUMA E ADIN FORMALIZAM PARCERIA

A Universidade Rovuma (UniRovuma) e a Agência para o Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN) formalizaram, na manhã de hoje, no Campus Universitário de Napipine, o acordo de parceria, o qual visa, entre outros aspectos, a realização de acções conjuntas viradas ao desenvolvimento da região norte do País.
Assinaram o acordo o Magnífico reitor da UniRovuma, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, e o Presidente do Conselho de Administração da ADIN, Prof. Catedrático Armindo Ngunga.
 
As duas instituições vinham, antes, realizando acções conjuntas, sendo a mais mediatizada a referente à concessão, pela UniRovuma, de mais de 100 bolsas de estudo a jovens deslocados em consequência das acções belicistas de grupos terroristas em Cabo Delgado.
 
Este processo foi encabeçado pela ADIN a pedido da Universidade Rovuma, tendo contado com representantes de outras instituições, como a Direcção Provincial de Educação e Desenvolvimento Humano de Cabo Delgado, e da sociedade civil.
 
Falando na cerimónia, o reitor da UniRovuma afirmou que com a formalização da cooperação as duas instituições vão pôr à disposição das comunidades e outros interessados os seus relevantes serviços visando o desenvolvimento integrado da região norte.
 
"Esta é uma oportunidade para juntos realizarmos acções concretas em benefício das comunidades, em geral, e das nossas instituições, em particular", sublinhou o Prof. Brito dos Santos.
Por seu turno, o PCA da ADIN, Prof. Catedrático Armindo Ngunga, considerou o acordo de parceria como um instrumento que vai regular as duas instituições na busca de soluções para os inúmeros problemas que afligem o norte do País, desde a pobreza até ao terrorismo.
 
Segundo o Prof. Ngunga, as duas parceiras devem desenvolver acções que desencorajem o aliciamento de jovens para integrarem as hostes dos terroristas que semeiam mortes e luto nalguns distritos da província de Cabo Delgado.
 
"O nosso trabalho conjunto deve centrar-se no ser humano, na sua formação e na criação de condições para que ele se envolva no desenvolvimento da sua comunidade e se distancie de acções que regridam o seu próprio crescimento", acrescentou Armindo Ngunga.
 

ADIN aceita integrar comissão intersectorial de bolsas de estudo

A Agência para o Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN) aceitou integrar a comissão intersectorial de bolsas de estudo disponibilizadas pela Universidade Rovuma (UniRovuma) aos jovens deslocados, vítimas da violência desencadeada por terroristas na província de Cabo Delgado.

A aceitação foi expressa pelo Presidente do Conselho de Administração da ADIN, Prof. Catedrático Armindo Ngunga, numa audiência que concedeu ao Magnífico reitor da Universidade Rovuma, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos.

As 111 bolsas são concedidas pela UniRovuma, como parte da sua manifesta solidariedade àqueles que por força da violência armada não conseguiram concorrer para o seu ingresso à Universidade, comprometendo a continuidade dos seus estudos.

O Prof. Ngunga louvou a iniciativa da UniRovuma, sublinhando que um dos objectivos da ADIN é a formação e capacitação do capital humano, pelo que a Universidade está a dar uma grande contribuição para essa finalidade.

A comissão intersectorial de bolsas é constituída por representantes da UniRovuma, da Direcção Provincial de Educação e Desenvolvimento Humano de Cabo Delgado, da ADIN e da sociedade civil.

Esta reuniu-se, ainda ontem, para definir as estratégias de trabalho com vista a operacionalizar o edital que deverá ser publicado nos próximos dias.

No decorrer da sua visita à Cabo Delgado, o Prof. Brito dos Santos visitou o Centro de Recursos de Pemba, onde foi informado pela directora do Centro de Ensino Aberto e à Distância (CEAD), Mestre Helena Muando, do funcionamento desta unidade e dos desafios futuristas do Ensino à Distância, na base dos consensos alcançados no recente fórum realizado em Matibane, no distrito de Mossuril.

CONTACTE-NOS

Endereço:

Reitoria
Avenida Josina Machel nº 256
Caixa Postal 544
E-mail: secretariageral@unirovuma.ac.mz
Nampula-Moçambique
Campus Universitário de Napipine
Bairro de Napipine – Cidade de Nampula

Extensão do Niassa
Campus Universitário – Bairro de Nangala
Telefax: 27121520
Caixa Postal no. 04
Cidade de Lichinga
E-mail: urniassa@unirovuma.ac.mz

Extensão de Cabo Delgado
Campus Universitário de Ncoripo
Cidade de Montepuez
Caixa Postal no. 04
E-mail: unirovuma-cd@unirovuma.ac.mz
Tel. 20030181- Montepuez